Exagero e verdade sobre as abas do Gmail

O Gmail lançou seu recurso de abas no verão de 2013 e agora podemos ver algumas estatísticas concretas sobre a adoção e o comportamento que desmascaram alguns mitos e confirmam determinadas suspeitas em torno da aba Promoções.

Um em cada cinco usuários do Gmail tem a aba Promoções ativada.

Esse número vem diminuindo constantemente porque o número de pessoas desabilitando a aba Promoções supera o número de pessoas que a habilitam. Ela é ativada por padrão e muitos usuários simplesmente a desativam.

Dos poucos usuários que a habilitaram, 45% a verificam todos os dias.

Em outras palavras, eles tratam isso como uma extensão de sua caixa de entrada. Muitos profissionais de marketing por e-mail se equivocam ao considerar que a aba Promoções corresponde basicamente à pasta de Spam, mas isso não é verdade. O usuário típico do Gmail gosta de ter suas ofertas promocionais valorizadas bem classificadas em uma pasta diferente.

Em média, a aba Promoções tem uma taxa de leitura ligeiramente menor.

Embora alguns setores realmente vejam uma taxa de abertura mais alta na aba Promoções, ela tem uma taxa geral de abertura menor, embora a diferença não seja muito grande.

Mas pense nisso. Apenas 1 em cada 5 usuários do Gmail tem a aba Promoções habilitada e 22% dos endereços em uma lista de e-mail típica são usuários do Gmail. Isso significa que apenas cerca de 5% dos contatos normais do usuário da ActiveCampaign têm a aba Promoções habilitada. Portanto, em média, a colocação Promocional só reduziria suas taxas de abertura em cerca de meio ponto percentual, no máximo.

Esse último ponto é, talvez, o mais importante. Juntando todas essas estatísticas, as abas do Gmail nunca causariam uma grande queda nas taxas de abertura. Mesmo nas circunstâncias mais drásticas, isso pode prejudicar suas taxas de abertura em 1 ou 2 pontos percentuais, mas isso seria extremamente raro. Portanto, é importante ter em mente que se você percebeu uma queda nas taxas de abertura, a causa disso provavelmente não é um problema com as abas do Gmail. Pelo contrário, é mais provável que esteja relacionado com outra coisa, que você pode explorar aqui.

Retomando o que vínhamos dizendo, por que as mensagens são classificadas na aba Promoções?

O Google tem um algoritmo muito avançado que gerencia essa classificação e é impossível enganá-lo. Esse algoritmo é muito inteligente e olha com atenção o tipo de e-mail que cada usuário do Gmail em particular lê com mais frequência. Ele tenta determinar o que é material da "Caixa de entrada principal" e o que pertence a uma aba Promoções "lida com menos frequência". Para isso, ele usa as métricas tradicionais (o que é aberto, o que é excluído, o que está marcado como spam etc.). Há milhares de fatores envolvidos e não há uma "chave" ou "gatilho" que faça com que as mensagens sejam classificadas de uma forma ou de outra (não escute ninguém que diga que conhece o segredo).

Na verdade, esse algoritmo de classificação é muito bom. Nove em cada dez usuários do Gmail dizem que ele classifica o e-mail corretamente.

Em linhas gerais, o Gmail apenas vê o e-mail que você abre com mais frequência. Se parece ser algo que você precisa ver com urgência, ele é classificado na Caixa de entrada principal. Se há certo tipo de e-mail que você não abre com tanta frequência, ele é classificado na aba Promoções. 

Resultado?

Não vale a pena lutar com a aba Promoções. Isso tem um impacto muito pequeno em suas taxas gerais de abertura. E mesmo que você quisesse lutar contra isso, simplesmente não há como enganar o Gmail para classificar suas mensagens de forma diferente.

Há alguma coisa a fazer para tentar ir para a Caixa de entrada principal?

A melhor coisa que você pode fazer é enviar conteúdo interessante, oportuno e valioso para uma lista limpa de contatos que querem recebê-lo. Se esses usuários realmente quiserem receber suas mensagens, o Gmail notará e colocará seus e-mails na aba apropriada.

Embora não haja um meio de forçar ir para sua Caixa de entrada principal, você pode tentar entrar na principal seguindo alguns princípios básicos, mas não há garantias de que isso funcionará:

  • Remova as imagens e use apenas texto.
  • Torne a mensagem o mais personalizada possível: use automações, conteúdo condicional e envio cronometrado. Campanhas em massa têm quase 0% de chance de ir para a aba Principal
  • Remova linguagem promocional
  • Faça a correspondência dos endereços “De” e “Resposta”.

Você também pode aconselhar seus contatos a simplesmente desabilitar a aba Promoções para suas contas e fornecer as instruções aqui.

Fonte

Para obter mais informações sobre as abas do Gmail e mais sugestões sobre como lidar com esse recurso, consulte este post no blog.

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação